top of page
Suinocoin backgroung blockchain.jpg
Buscar

O que é blockchain?


O que é uma blockchain?

Em primeiro lugar, vamos definir o que é exatamente uma blockchain. Blockchain (cadeia de blocos) é uma tecnologia relativamente nova que registra informações em um banco de dados compartilhado entre uma rede de usuários (rede peer-to-peer). As informações em questão são geralmente relacionadas a transações financeiras, como a compra e venda de determinados ativos.

De certa forma, uma blockchain funciona como um livro contábil digital. No entanto, o que a diferencia de outros bancos de dados e sistemas de armazenamento é que, em uma blockchain, os dados não são mantidos em um só lugar. Em vez disso, os dados são copiados e distribuídos pela rede de sistemas de computadores que compõem a blockchain.

Como esse sistema é descentralizado, não há um único administrador ou gerente que tenha controle sobre toda a blockchain. Cada participante pode acessar o livro de registros e atualizá-lo. Por outro lado, o participante não pode alterar ou excluir dados já inseridos sem deixar rastros. Este sistema chamado tecnologia de registro distribuído, do inglês Distributed Ledger Technology (DLT), torna uma blockchain resistente a adulterações e interferências.

Como funcionam as blockchains?

A ideia da tecnologia blockchain parece bastante simples, mas como ela é realmente executada?

Como o nome sugere, as blockchains consistem nos chamados "blocos", que formam a base de uma rede de blockchain. Esses blocos são estruturas de dados que registram informações sobre transações financeiras entre dois nós (participantes) conforme elas ocorrem. Cada registro pode incluir informações sobre um vendedor e um comprador, um ativo vendido, a hora e as condições da transação, etc.

Quando um bloco está cheio, os dados são criptografados. Cada bloco passa por um processo chamado "hashing", que converte os dados registrados no bloco em uma sequência única de caracteres — o "hash". Essa função impossibilita a reconstrução dos dados criptografados do hash, o que significa que é praticamente impossível alterar os registros da transação sem ser detectado.

Um bloco totalmente formado se conecta ao bloco anterior, criando uma longa cadeia de dados de transação. É por isso que essa tecnologia é chamada de "blockchain". Cada bloco também contém o hash do bloco anterior, garantindo que a sequência de blocos em uma blockchain não seja embaralhada.

A blockchain é segura?

Devido à sua natureza descentralizada e altamente criptografada, a tecnologia blockchain é conhecida como um armazenamento de dados altamente seguro. Para proteger informações sobre transações registradas, as blockchains empregam fortes medidas de segurança.

Quando uma transação é inserida em uma blockchain, o sistema deve primeiro confirmar sua validade. Isso é feito distribuindo a transação pela rede de computadores a fim de verificar todos os parâmetros relacionados à transação para determinar se ela é válida. Se a transação for confirmada como legítima, ela é registrada em um bloco com outras transações. É assim que a tecnologia blockchain filtra informações não autênticas.

Como já sabemos, a função hash protege os dados contra acesso não autorizado e ajuda a garantir a sequência de blocos correta. Para acessar as informações criptografadas, os usuários devem usar uma chave secreta para descriptografar a sequência de caracteres. Algumas blockchains requerem duas chaves — pública e privada — para descriptografar as informações. Nesse caso, cada chave é responsável por criptografar e descriptografar os dados separadamente, tornando a blockchain ainda mais segura e imutável.

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page